Minha História

Fechar Mostrar Informação

Eu, Genesco Brasilio de Castro Wille, terceiro em 6 irmãos, nascido no século passado,  em 60, mas ligado no século 21, curioso, observador, detalhista, pesquisador, que olha pra dentro e olha pra fora, intrigado com o mundo. Segui todo mundo , fiz colégio militar, cursinho , faculdade. Parei, larguei e amei a Fotografia , a caso das engrenagens de uma câmera quebrada que ganhei do tio Murilo, jornalista, que sabia que eu era “espícula do miudinho”, com ferramentas, alicates e chaves de fenda depredadoras mas, decidido, desmontei o monstro chamado “Topcom” em suas entranhas de dentes, correntes , eixos, cortinas e alavancas. Tinha uma fascinante câmera escura e caolha de olhos de vidro focando nos filmes que escorregavam em sua entranha puxada por alavancas trogloditas.

Montei e desmontei por três meses, sem professor, mas dedicado a entender os movimentos e a dinâmica toda.  Montada, funcionando, comprei filme e fui testar se estava ok, sorriso de orelha a orelha funcionou , que prejuízo pro meu pai rsrsrsr,  paciencioso ao extremo com o aprendiz, apenas incentivava com seu silêncio, olhar e big “paitrocínio” , pois, na época de 1975 tudo era importado e proibitivo.

E fui indo além, livros, revistas, o que eu achasse no caminho, inglês, francês, italiano e espanhol, o alemão foi o limite,  não consegui ler! rsrsrs.  Laboratório, Colorama , horas e dias a fio perturbando a Take no canto da reprodução de slides e revelação dos filmes em meio a salas escuras de revelação .

Conheci a Isa e a Maisa , com um avô espanhol apaixonado por fotografia, médico de formulação , me ensinou a magia da química fotográfica em detalhes e formulas além do trivial, óticas e lentes Leitz .

Sr Antonio e Luiz da Colorama,  com visão empresarial, e com os mais completos e modernos equipamentos de tudo para impressão e acabamento fotográfico, e que, a cada nova máquina, me chamavam para acompanhar a instalação e ajuste, escola única da prática da vida, que me levou a Kodak,  Noritsu, Copal e outros.

E na nova fase, Ibiza Laboratório , Sr Antonio , Take, Magali , quando do início do digital me convidaram a dirigir a implantação das primeiras máquinas de cópia híbridas e digitais. Foram quase 3 anos de reforma predial, de conceitos, muito aprendi , sonhei e materializamos em cópias e gigantescas imagens da Lambda. Paralelamente a estudos e práticas fotográficas e laboratoriais e o arranque do digital.

Paralelo a tudo e clicando,  construí meu mundo de estúdio e externas, pessoas, escola Socipar, Boticário, Volvo, Incepa, Inepar, New Holland , revistas, jornais, catálogos e tantas imagens mais , slides, cromos, chapas , câmeras de todos os formatos e tipos.

Iniciei dando aulas no Solar do Rosário que até hoje faço numa parceria de artes, muitos assistentes, muitas experiências, passando a consultorias e treinamentos empresariais, Vonder, Boticário, Eletrolux, Petrobrás e etc.  Iniciando os infinitos congressos a que participo em especial ao Photoshop Conference com meu amigo e parceiro de trabalhos Alexandre Keese , Estúdio Evolution, Imagem Brasil, Semana da Fotografia, Foto Innovation, e de outras áreas.
Com o Walter, da empresa Mako , uma parceria e amizade que completa quase trinta anos , em equipamentos , pesquisa ,desenvolvimento de projetos especiais e novos equipamentos , teste de protótipos entre outros.
E o tempo não pára, novos horizontes e projetos surgindo, novos cursos e imagens, continuo a ser visionário da Fotografia, acompanhando as doidas e revolucionárias formas de comunicação humana.

E por trás de tudo uma Polaca , 2 duplicatas recombinadas, desta vida a dois, já comemorado com bodas de prata,  e, os irmãos, sempre apoiando cada qual de seu modo, Obrigado.